Textura e gesto

Andrea de Moraes Cavalheiro

 
As fotografias deste ensaio foram realizadas entre 2010 e 2012, no âmbito de minha pesquisa de mestrado, durante trabalho de campo no Instituto de Cegos Padre Chico, escola de ensino fundamental, em São Paulo, especializada em alunos com deficiência visual, seja com cegueira ou baixa visão.
Neste ensaio procuro captar alguns gestos, movimentos incompletos e balanços no ar, que remetem a técnicas corporais, instituídas no cerimonial cotidiano do corpo. Neste adestramento, onde o próprio corpo é instrumento da técnica, figuram dedos decifrando gráficos em relevo, mãos lendo em braile e saltos ao som da corda.
Em minha dissertação exponho como algumas destas técnicas conectam-se a categorias de nomeação, sinais corporais e atributos qualificativos, negociados pelos atores para compor práticas performativas da deficiência visual.
[ Voltar ]
  << ensaio anterior próximo ensaio >>